quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Snapshots com LVM no CentOS 5

Numa instalação de GNU/Linux com LVM (Logical Volume Manager) podemos aproveitar a capacidade do LVM de gerar snapshots para se ter um ou mais backups de um sistema de arquivos. Cada snapshot gerado é uma cópia do sistema de arquivos original naquele momento, entretanto ocupando menos espaço. Então vem a pergunta: como isto é possível? O que o LVM faz é reservar uma área para guardar os dados originais durante as alterações subseqüentes do sistema de arquivos

Coloque o script abaixo (makelvsnapshot.cron) no diretório /etc/cron.weekly e ele será executado semanalmente pelo serviço cron.


#!/bin/bash

LOCKFILE=/var/lock/makelvsnapshot.lock

[ -f $LOCKFILE ] && exit 0
trap "{ rm -f $LOCKFILE; exit 255; }" EXIT
touch $LOCKFILE
/bin/umount /dev/VG_root/LV_root_snapshot
/usr/sbin/lvremove -f /dev/VG_root/LV_root_snapshot && /usr/sbin/lvcreate \
--size 4G --snapshot --name LV_root_snapshot /dev/VG_root/LV_root
/bin/mount /.snapshot/LV_root
exit 0



Esse script foi testado em um CentOS 5.1 e vem funcionando bem há algumas semanas. Claro que melhorias podem ser feitas a este script, uma seria colocar duas áreas de snapshot para termos backup de até 15 dias.

Sugestões serão bem-vindas!

Usando UDF em gravação de DVD

Estava lendo os comentários de um artigo (Submitted by Douglas Augusto) do BR-Linux e achei um procedimento de como gravar um DVD usando o sistema de arquivos UDF, então para poder achá-lo sempre que quiser estou registrando aqui para futuras referências.

1) Formatação:

dvd+rw-format -force=full /dev/dvd

(Se a mídia não aceitar o '-force=full', tente com '-force' apenas ou mesmo '-force=blank')

2) Criando o sistema de arquivos UDF:

mkudffs --lvid="dvd-backup" --udfrev=0x0150 /dev/dvd

(Na Debian o programa mkudffs encontra-se no pacote udftools)

3) Montagem para uso:

Se não existir crie o ponto de montagem /udf (mkdir /udf, como root)

3.1) Manualmente (direta):

mount -t udf -o rw,noatime /dev/dvd /udf

3.2) Ou através do /etc/fstab (facilita a montagem por usuários comuns)

/dev/dvd /udf udf rw,user,noatime,noauto 0 0
Então digite mount /dev/dvd (ou mount /udf)


P.S.: Agradecimentos a Douglas Augusto.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Problema com o Evolution

Removi várias mensagens da minha caixa de entrada do Evolution, no entanto não estava conseguindo remove-las da lixeira, pois toda tentativa e esvaziar a lixeira causava a seguinte mensagem de erro "Resumo e a pasta não combinam mesmo após uma sincronização" ("Summary and folder mismatch, even after a sync" em inglês).

Após uma busca na Internet achei o seguinte bug registrado no launchpad:

Bug #27014

acompanhei as mensagens dos registros desse bug e apliquei a solução de contorno apresentada que é remover os arquivos do tipo ".ev-summary" relativos a pasta que está com problema. Por exemplo: se a pasta com problemas for a Inbox deve-se remover o arquivo Inbox.ev-summary no diretório ~/.evolution/mail/local dessa forma,

$ cd ~
$ rm .evolution/mail/local/Inbox.ev-summary


Depois de ter removido este arquivo a mensagem de erro não será mais apresentada e um novo índice é gerado para a pasta Inbox quando o Evolution for iniciado. Feito isso, consegui esvaziar a pasta da Lixeira.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Tornar o Supend e o Hibernar Funcionais com NVidia no Ubuntu

O objetivo das informações apresentadas aqui é mostrar como tornar as funções suspend e hibernar totalmente funcionais quando se utiliza o módulo nvidia binário no Ubuntu 6.06 LTS Dapper Drake.

Usando o módulo de código aberto nv não existe este problema e nenhuma configuração adicional é necessária, contudo quando o módulo binário é utilizado o computador não reinicializa o vídeo corretamente, portanto para corrigir este problema o sistema tem que ser configurado conforme mostrado a seguir.

Procedimento

Edite o arquivo /etc/default/acpi-support, localize o parâmetro POST_VIDEO e mude o seu valor para false, ficando assim:

POST_VIDEO=false

ou use o comando a seguir

$ sudo sed -i.backup 's/POST_VIDEO\=true/POST_VIDEO\=false/' /etc/acpi-support

se isto não der certo para sua configuração, outros parâmetros podem ser modificados, tais como:

USE_DPMS=false

SAVE_VBE_STATE=false

Obs.: Estas mesmas configurações funcionaram também para as versões 7.04 e 7.10

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Como instalar o Firefox 3.0b1 sem perder as configurações atuais

Você quer testar o novo Firefox no GNU/Linux e não quer perder seus dados do Firefox atual?

Então siga os passos abaixo:

  1. Baixe o Firefox a partir daqui
  2. Crie um novo diretório dentro do seu diretório Pasta Pessoal (/home/seulogin/), como por exemplo bin (/home/seulogin/bin/);
  3. Mova o pacote baixado para o diretório criado no passo anterior;
  4. Abra o Navegador de Arquivos Nautilus (ou execute nautilus --no-desktop no terminal), vá para pasta bin, clique com o botão direito (botão 2) no pacote do Firefox e escolha a opção Extrair Aqui;
  5. Abra um terminal e digite os seguintes comandos:
$ export HOME=/home/seulogin/bin
$ cd ~/firefox
$ ./firefox



Obs.: Não digite os símbolos "$" que iniciam os comandos acima, eles só servem para ilustrar o fato de que estes comandos são executados por um usuário comum, ou seja, sem poderes de super-usuário.

sábado, 10 de novembro de 2007

Como ver as atualizações disponíveis com o APT?

Muitas vezes queremos instalar algumas atualizações e não todas as que estão disponíveis, então vem a questão, como saber quais as atualizações disponíveis?
Para sabermos quais atualizações estão disponíveis para o sistema de gestão de pacotes APT podemos usar o seguinte comando,

$ sudo apt-get -s upgrade

que vai simular um upgrade do sistema e mostrará todos os pacotes disponíveis para atualização. Uma vez que temos a lista de pacotes podemos escolher aqueles que serão atualizados e utilizar o comando abaixo para atualizá-los de maneira individual.

$ sudo apt-get install nome-do-pacote

Dessa forma seu sistema pode ser atualizado por partes, de forma gradual e a partir de um terminal.

domingo, 28 de outubro de 2007

Ubuntu 7.10 Instalado!

Instalei o Ubuntu há 8 dias e até agora tudo bem. Apesar de já ter visto vários comentários sobre "bugs", até o momento só encontrei um problema que ainda tenho que confirmar. O problema ocorreu quando instalei o sistema em partições LVM encriptadas. A instalação correu tranquilamente e em pouco tempo eu estava com o sistema configurado e rodando, mas após uma "inicialização" o sistema informou que um filesystem estava inconsistente e precisava passar por um fsck. Este problema ocorreu várias vezes e após cada uma dessas vezes alguns arquivos se perdiam, então resolvi instalar novamente só que dessa vez sem encriptação.

Fiz a nova instalação com 3 volumes lógicos: 1 para o sistema de arquivos raiz (/), 1 para o home (/home) e outro para swap. Dessa vez tudo funcionou e continuou funcionando bem, portanto não sei se o problema foi com a encriptação ou de alguma falha pontual durante a instalação. Dessa forma, gostaria que alguém que teve esse mesmo problema me informasse a respeito. Independente disso vou instalar o sistema em uma máquina virtual para confirmar ou não o bug.

Depois farei outros comentários sobre as impressões que tive do Gutsy Gibon que até o momento são as melhores.

Saudações Ubunteras.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Ubuntu GNU/Linux 7.10 Lançado

Já baixei minhas cópias do mais novo Ubuntu (Alternate Install x86 e Desktop x86) via bittorrent. Já preparei uma máquina e irei fazer uma instalação a partir do zero usando o CD Alternate, com LVM e partições criptografadas.

Os links para baixar o Ubuntu, via Torrent, são:

Plataforma x86

PC Desktop Live CD


PC Alternate Install

PC Server Install


Plataforma AMD64

PC Desktop Live CD

PC Alternate Install

PC Server Install

Depois da instalação, farei um relato sobre as novidades dessa versão do Ubuntu.

Aguardem!

domingo, 14 de outubro de 2007

Minha primeira postagem!

Esta é minha primeira postagem no blog. Foi feita só para inaugurar.

Aguardem mais novidades.