terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Frase do dia, 2012-12-25

We are what we pretend to be, so we must be careful about what we pretend to be. Kurt Vonnegut

Nós somos aquilo que fingimos ser, portanto sejam cuidadosos com aquilo que fingem ser. Kurt Vonnegut

domingo, 23 de dezembro de 2012

Artigo interessante: "A web que perdemos"

Compartilho este artigo por considerar que eu gostaria de ter escrito boa parte das opiniões expressadas nele, mas se já foi escrito para que escrever novamente, não é?

De toda forma, tenho minha opinião quanto a este fechamento da web que está ocorrendo cada vez mais por meio das redes sociais. Penso que as redes sociais estão criando cercas e isolando grupos de pessoas, atacando assim o princípio básico da internet que era de integrar pessoas geograficamente dispersas através de hiperligações (hyperlinks).

Portanto este "mundo maravilhoso" que surge através das redes sociais fechadas pode ter consequências desagradáveis em um futuro não muito distante.

Qual é sua opinião?

sábado, 8 de dezembro de 2012

E-book mais barato do que livro?

Com a chegada da Amazon ao Brasil, o lançamento do Kobo pela cultura e a entrada do Google Play, o mercado de livros passa por uma revolução, mas será que os e-books estão custando tão mais barato que os livros tradicionais?

Vamos comparar:

Amazon - E-book Essencial, Joaquim Nabuco, R$ 22,50
http://www.amazon.com.br/Essencial-Joaquim-Nabuco-ebook/dp/B009WWENWI/ref=sr_1_2?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1354895204&sr=1-2
Livraria Cultura, E-book, R$ 22,50
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=17524917&sid=16485681214127509555665367
Comprado na FNAC, em papel, por R$ 24,00


Amazon - E-book O Brasil Holandês, Evaldo Cabral de Melo, R$ 20,50
http://www.amazon.com.br/O-Brasil-holand%C3%AAs-ebook/dp/B009WW8GJO/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1354895740&sr=1-1
Livraria Cultura, E-book, R$ 20,50
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=17490211&sid=16485681214127509555665367
Comprado na FNAC, em papel, por R$ 21,00

Amazon, E-book Peter Pan, J.M. Barrie, Edição Comentada Zahar, R$ 28,00
http://www.amazon.com.br/Peter-Pan-edi%C3%A7%C3%A3o-comentada-ebook/dp/B009AFY8S6/ref=sr_1_9?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1354895851&sr=1-9
Livraria Cultura, E-book, R$ 28,00
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=17481979&sid=16485681214127509555665367
Google Play Livros, E-book, R$ 28,00
Comprado na FNAC, em papel com capa dura, por R$ 29,90

Amazon.com, E-book The Price of Inequality, por US$ 6,00
http://www.amazon.com/The-Price-Inequality-Endangers-ebook/dp/B007MKCQ30/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1354896344&sr=8-2&keywords=the+price+of+inequality
Amazon.com, em papel, US$ 11,53
http://www.amazon.com/The-Price-Inequality-Divided-Endangers/dp/0393345068/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1354896344&sr=8-3&keywords=the+price+of+inequality


Google Play de Livros, Rápido e devagar: duas formas de pensar, Daniel Kahneman, R$ 28,41
https://play.google.com/store/search?q=r%C3%A1pido+e+devagar&c=books
Comprado no Submarino, em papel, por R$ 27,96


Amazon.com, E-book The signal and the noise, Nate Silver, US$ 9,99
http://www.amazon.com/The-Signal-Noise-Most-Predictions/dp/159420411X/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1355008549&sr=8-1&keywods=signal+and+the+noise
Amazon.com, em papel, por US$ 13,76



Só para ficar em alguns exemplos.

Como pudemos observar, os livros em alguns casos são mais baratos do que os e-books e em outros são um pouco mais caro. Quando consideramos que o livro tradicional paga frete e tem custos de impressão, a diferença de preço entre eles deveria ser maior.

Outra consideração é que o livro de papel pode ser revendido, enquanto que para o e-book ainda não existe essa prática, pelo menos, não que eu saiba.

Além disso, os e-books em geral tem restrições artificiais de acesso, ou seja, você não pode fazer que o quiser com eles, igual ao que pode ser feito com os livros que tem as páginas copiadas ou digitalizadas, prática permitida no Brasil, desde que não seja para auferir lucros e seja de pequenos trechos (http://www2.uol.com.br/direitoautoral/artigo0606.htm). Os livros tradicionais podem ser emprestados em número indefinido de vezes até que eles se desgastem, mas em compensação não são facilmente transportados.

Ainda há muitas questões nessa disputa entre essas duas modalidades de vendas de livros, portanto não se pode afirmar que os e-books só trazem vantagens e que o modelo tradicional está completamente fadado ao fracasso, se levarmos em conta as desvantagens advindas do novo modelo.