terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Bloquear ação de suspender/hibernar no CentOS6/SLC6/RHEL6

Referências: TORACAT - Remover suspend e hibernate do menu gnome, FSYNC(2) - Removing Suspend and Hibernate from the gnome menu on RHEL-6, man page pklocalauthority section 8

Crie o arquivo denominado /etc/polkit-1/localauthority/50-local.d/10-disable-suspend-hibernate.pkla com o seguinte conteúdo:

[Disable suspend] Identity=unix-group:* Action=org.freedesktop.devicekit.power.suspend;org.freedesktop.devicekit.power.hibernate ResultAny=no ResultInactive=no ResultActive=no

Feito isso mesmo que um usuário clique em Sistema->Desligar, suas ações a partir deste momento serão bloqueadas.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Atualização automática do Firefox 8

Instalei o Firefox 7.0.1 no Scientific Linux 6.1 da forma mais simples possível, ou seja, baixando o pacote binário (tar.bz2) do sítio da fundação Mozilla e desempacotando-o em um diretório local (e.g. /opt). Até aí tudo normal. Só não esperava uma coisa, a atualização automática do Firefox no lançamento da versão 8.


Não sabia, até então, que o Firefox podia atualizar-se dessa forma no Linux. Talvez essa função já exista há muito tempo no Firefox, pois nunca havia instalado o Firefox com minhas credenciais, sempre instalava de forma global (root). De qualquer forma a atualização foi tranquila e quase imperceptível.


sábado, 12 de novembro de 2011

Novo sistema de comentários - IntenseDebate

Novo sistema de comentários - IntenseDebate

Este blog passa a ter agora um novo sistema de comentários, o IntenseDabate, que tem várias vantagens sobre o sistema original do Blogger. Com o IntenseDebate cada pessoa possui uma conta na qual todos os comentários feitos em diversos sítios ficam armazenados, além de possuir um modelo de rede social onde qualquer pessoa pode seguir outras com a finalidade de promover debates mais amplos entre amigos, ou simplesmente conhecidos.

Espero que apreciem o novo sistema e deixem suas opiniões nos comentários.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Dica rápida: perl - encontrar e adicionar texto inline

Muitas vezes queremos adicionar a uma determinada linha de um arquivo algum texto. Mas isso é simples alguém diria, basta abrir um editor de texto, localizar e acrescentar o texto desejado. Em certas situações é a melhor escolha mesmo, entretanto muitas vezes encontramos situações nas quais esse procedimento torna-se inviável. Então, para estes casos, uso o perl.
Suponha que tenhamos o seguinte texto em um arquivo chamado arq.txt:

abcde bla kjlkjlk klkjlkj teste
fghijkl bla kjlkjlk klkjlkj teste


e queiramos inserir ao final da primeira linha a palavra MAIS, então usaríamos o perl da seguinte forma:

$ perl -i.bkp -pe 's/^abcde.*teste/$&\ MAIS/' arq.txt

Portanto, teríamos com apenas um comando realizado o trabalho e ainda feito um cópia do arquivo original que se chamaria arq.txt.bkp.

É necessário notar que se outras linhas no arquivo começassem com abcde e terminassem com teste, o comando também mexeria nelas.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Frazo de la tago

Pri impostoj, estas funkcio de pastoro tondi ĝiajn ŝafinojn, sed ne tiri ĝiajn ledojn.

Tiberio

Frase do dia

Em matéria de impostos, é função de um bom pastor tosar suas ovelhas, mas não tirar o seu couro.

Tibério

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Atualização - Como retirar um diretório da busca do "Analisador de Utilização do Disco (a.k.a Baobab)"

Atualizado para funcionar com Baobab versão 2.28.1 presente no Scientific Linux 6.1.

O Analisador de Utilização do Disco (Baobab) é uma ferramenta bastante útil para o usuário descobrir quais sistemas de arquivos ou diretórios estão utilizando mais o disco (ou storage).

Entretanto em sua configuração padrão ele faz uma busca em uma pasta (diretório) entrando recursivamente em todas as outras pastas, mas em determinadas situações queremos que uma determinada pasta não seja varrida. Então para resolver este problema precisamos utilizar a ferramenta de configuração do Gconf conhecida como gconftool-2 da seguinte forma:


gconftool-2 --type list --list-type string --set /apps/baobab/properties/skip_scan_uri_list "[file:///dir/nao/varrido]"


dessa forma a pasta /dir/nao/varrido não será varrida durante o processo análise de utilização do disco.

sábado, 21 de maio de 2011

Comentário - carros x impostos

Quando se fala sobre carros e impostos, quase que invariavelmente, a culpa dos altos preços dos veículos praticados no Brasil, recai sobre os impostos. Não foi diferente neste artigo do site Motordream.

Mas, um comentário publicado no artigo chamou-me a atenção e tomo a liberdade de reproduzi-lo aqui:

Se o culpado é o governo, por que um civic brasileiro, que pagou frete de Indaiatuba até a Argentina, paga IVA e é vendido sem desconto por U$ 26800,00( aprox. R$ 44000,00); e no Brasil, um deficiente físico que têm isenção total de impostos, paga R$ 50.173,00 como divulgado em seu site. tenho dificuldade de entender qual é este efeito cascata, já que o carro é produzido aqui com impostos em cascata e é vendido na Argentina mais barato. (Luciano J. B.)

É justamente esse, meu pensamento sobre a questão do preço dos carros no mercado brasileiro, ou seja, o preço é alto porque os fabricantes tem uma alta margem de lucro. Cheguei a esta conclusão após comparar o preço de vários carros fabricados aqui e vendidos em outros países por um preço muito inferior ao praticado na origem com isenção de impostos. Comparei os preços de carros vendidos para taxistas e deficientes que tem isenção de impostos federais e estaduais, e mesmo assim o preço é bem superior ao de outros países como o México (Ex.: comparem o preço do Voyage). Comparem também os preços dos carros importados que vem de países que tem acordo tarifário com o Brasil (México, Argentina, etc.) com aqueles que não tem (Estados Unidos, Coreia, Alemanha, etc.), veremos que os preços são muito parecidos.

Não quero dizer aqui que não temos altos impostos, mas que nesse caso os altos lucros tem uma grande parcela da culpa.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Desligando o sistema no ambiente de trabalho Gnome 3

O novo método para efetuar o desligamento do sistema (poweroff) no Gnome 3 não é direto e a primeira vista muitos usuários ficarão peridos na hora de desligar.
Como solução de contorno estava primeiro encerrando a sessão e depois clicando no botão de desligar da tela de login.

Mas a solução definitiva é simples, mas não é óbvia. Primeiro clique no canto superior da tela onde tem o nome do usuário, então será exibido um menu que na última linha tem a opção de Suspender. É neste momento que devemos pressionar a tecla para que opção Desligar apareça, então é só clicar nela e confirmar na tela que se abrirá.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Como habilitar gráficos em emails HTML no N810

Por padrão o cliente de emails Modest do Nokia N810 (Maemo Diablo) não exibe imagens em mensagens HTML, mas há uma solução bem simples para isso, basta utilizar o comando gconftool-2.

1. Abra o Xterm e verifique o valor da chave de configuração /apps/modest/fetch_external_images

gconftool-2 --get /apps/modest/fetch_external_images

2. Se o valor retornado for false, mude-o para true com,

gconftool-2 --type bool --set /apps/modest/fetch_external_images true

3. Agora abra o cliente de emails, abra uma mensagem do tipo HTML e verifique se as imagens são carregadas.

Referência: http://www.maemoapps.com/2008/06/26/howto-enable-graphics-in-html-mail/

terça-feira, 15 de março de 2011

findfs - Encontrar um sistema de arquivos pelo rótulo ou UUID

O uso do utilitário findfs é bem simples, informa-se o rótulo (label) ou UUID de um sistema de arquivos e ele retorna o device node.


findfs LABEL=label

findfs UUID=uuid

blkid - Utilitário para localizar/listar atributos de block devices

Para se obter uma lista dos atributos dos dispositivos de blocos (block devices) presente em sistemas RedHat/CentOS utilize o comando blkid, conforme:


# /sbin/blkid


Os atributos exibidos serão: device node, label, UUID e tipo do sistema de arquivos. Esse comando pode ser usado para gerar listas filtradas ou efetuar buscas.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Ubuntu 10.10 no Lenovo 3000 C200

Instalei o Ubuntu 10.10 num notebook Lenovo modelo 3000 C200 e quase tudo funcionou, exceto a tecla que contém os símbolos "/" e "?". Resolvi o problema usando o utilitário xev para obter o código de scan da tecla, então criei o arquivo .Xmodmap na área home do usuário com o seguinte conteúdo,


keycode 105 = slash question


Após fechar e abrir uma nova sessão a tecla passou a funcionar.

O Ubuntu 10.10 combinou muito bem com esse notebook, pois o funcionamento é quase perfeito, inclusive com uma boa autonomia da bateria (por volta de 2 h e 50 min).