sábado, 21 de maio de 2011

Comentário - carros x impostos

Quando se fala sobre carros e impostos, quase que invariavelmente, a culpa dos altos preços dos veículos praticados no Brasil, recai sobre os impostos. Não foi diferente neste artigo do site Motordream.

Mas, um comentário publicado no artigo chamou-me a atenção e tomo a liberdade de reproduzi-lo aqui:

Se o culpado é o governo, por que um civic brasileiro, que pagou frete de Indaiatuba até a Argentina, paga IVA e é vendido sem desconto por U$ 26800,00( aprox. R$ 44000,00); e no Brasil, um deficiente físico que têm isenção total de impostos, paga R$ 50.173,00 como divulgado em seu site. tenho dificuldade de entender qual é este efeito cascata, já que o carro é produzido aqui com impostos em cascata e é vendido na Argentina mais barato. (Luciano J. B.)

É justamente esse, meu pensamento sobre a questão do preço dos carros no mercado brasileiro, ou seja, o preço é alto porque os fabricantes tem uma alta margem de lucro. Cheguei a esta conclusão após comparar o preço de vários carros fabricados aqui e vendidos em outros países por um preço muito inferior ao praticado na origem com isenção de impostos. Comparei os preços de carros vendidos para taxistas e deficientes que tem isenção de impostos federais e estaduais, e mesmo assim o preço é bem superior ao de outros países como o México (Ex.: comparem o preço do Voyage). Comparem também os preços dos carros importados que vem de países que tem acordo tarifário com o Brasil (México, Argentina, etc.) com aqueles que não tem (Estados Unidos, Coreia, Alemanha, etc.), veremos que os preços são muito parecidos.

Não quero dizer aqui que não temos altos impostos, mas que nesse caso os altos lucros tem uma grande parcela da culpa.